quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Neste ano, desejo paz nos corações

Em 2012, que o amor seja constante, que nossos corações estejam cheios de paz, carinho, respeito, compreensão, alegria, bom humor, paciência e saúde!!!
Um ano realmente iluminado para todos nós!!!

OBS.: A guirlanda foi feita com dois discos cortados de caixa de papelão, forrada com sobras de acrilon, recoberta com retalhos de tecido vermelho e enfeitada com pequenos corações, fuxicos, guizos e florzinhas de feltro.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Natal na Casa Lea Pentagna - Exposição CAsa Viva - Valença/RJ


Começou hoje a exposição Casa Viva, realizada por Auxiliadora Bastos, alunas e convidados, na Casa Lea Pentagna. A casa é toda mobiliada com móveis antigos e a decoração deste ano teve como tema o Natal. Um trabalho idealizado e realizado pela querida Auxiliadora há dez anos. Os ambientes estão com uma decoração belíssima. AS fotos são do quarto que eu decorei, no qual utlizei alguns enfeites feitos com material reciclado para mostrar que é possível ter uma decoração interessante em casa sem gastar muito.  Em breve posto mais fotos e um pouqinho dos outros ambientes que estão maravilhosos. A mostra vai até dia 11/12, com visitações de 16 h as 20 h, com entrada franca. E neste ano tem um bazar também. Os presentes de Natal já podem ser adquiridos lá mesmo. Não perca. A Casa fica à RuaVito Pentagna, 213 - Benfica - Valença/RJ
 Um varal de flores (iguais à almofada da cama) na janela. Flores ensinadas pela  Leila, da Casa das Bonecas de Ipiabas,  com tutorial na Vila do Artesão. Confiram aqui: Flores com tutorial
ARvore de Natal feita com cds reutilizados, fuxicos de retalhos descartados de confecção e laços de 1,99.

domingo, 6 de novembro de 2011

Redecorando a minha casinha usando o "faça você mesmo". Parte 2 - telefone vintage

Eu tinha um telefone velho, guardado, e resolvi pintar e deixar com um arzinho vintage. Ficou lindo demais e foi super fácil realizar a pintura. Eu me inspirei aqui e aqui.
Usei primer, fita crepe, pincel e tinta spray. Simples assim. Limpei bem o telefone  com umpano úmido, sequei, passei um pano com álcool, cobri as partes que não receberiam tinta com a fita crepe  e apliquei o primer com um pincel.
Depois de seco, apliquei 4 demãos de tinta spray. Cada demão tem de ser aplicada à uma distância de uns 30 cm, aplicando apenas uma nuvem de tinta. Espere secar bem entre as demãos. Se aplicar perto demais e muito forte, ele escorre . Todo o cuidado é pouco nessa hora. E toda a espera vale a pena!!!

Redecorando minha casinha usando o "faça você mesmo" Parte 1- cadeira de balanço

Há tempos queria fazer umas mudanças aqui em casa, mas sempre desistia quando fazia o orçamento de algumas coisas. Dessa vez resolvemos enfrentar os desafios e mudar algumas coisas nós mesmos (eu e maridão). Alguns destes desafios estão aqui. Na foto acima, repaginei a cadeira de balanço que era da minha mãezinha. Misturei as tintas até chegar à cor desejada e adorei o resultado.  Muito fácil: lixei a cadeira, limpei bem, apliquei 3 demãos da tinta e, depois de bem seca, lixei levemente e apliquei cera em pasta. Tomei o cuidado de cobrir antes com fita crepe os lugares que não receberiam tinta.  Valeu a pena, não acham?

Minha floreira de caixote de feira

 Caixote de feira forrado com filtro de café usado. Precisava de algo para colocar embaixo do aparador,  vi umas floreiras no blog Além da rua atelier e fiquei inspirada. Como eu já havia começado a forrar com os filtros, continuei, mas ela tem idéias maravilhosas de floreiras de caixotes com pátina, e vou fazer um depois.E colocar pezinhos, como ela fez e adorei!!! Vale a pena ir lá e conferir. Tem até o passo a passo com vídeo.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Eu ganho o presente e vocês também!!! PAP DE FLOR E ENFEITE DE NATAL


Ganhei da minha prima Leila, da Casa das bonecas de pano de Ipiabas, uma almofada de flor de coração e um varal com as mesmas flores , em tamanho menor, combinando. As cores, o trabalho, o carinho chamaram a atenção. Minha almofada ficou linda na minha poltrona de jeans reciclado e o varal, transformei num grande móbile preso à coluna que divide um ambiente aqui em casa. Ficou lindooooooooo!!! Mas elas já vão para outro lugar, pq dei uma reformada aqui em casa e  ficarão perfeitas em outro ambiente. Mostro pra vocês em breve.
E o melhor de tudo é que a Cris Turek, da Vila do Artesão, montou um pap maravilhoso dessa flor e também do Varal de flores de Natal, usando a flor ensinada.

Confiram, pq está tudo muito bem explicado e o momento para montar esse arranjo de Natal é agora. Mãos à obra, gente queridaaaaaaaaaaaaaa.
Prima querida, muito obrigada pelo presente, adoreiiiiiiiii, já agradeci antes, mas hoje reforço o agradecimento de peças tão lindas e aproveito para mostrar como ficaram em minha casa.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Chita é tudo!!!



Tenho uns banquinhos já bem usados que precisavam de uma repaginada. Nas minhas arrumações, visualizei um lugarzinho perfeito para eles, debaixo de um aparador na salinha do telefone, onde fiz mosaico com pastilhas em tom de azul em uns porta retratos. Feliz da vida, colei uma espuma fina no assento, cortei a chita, colei com todo cuidado e adorei o resultado. Aí fui colocar onde tinha imaginado. Já na hora não gostei muito . Esperei o marido chegar e mostrei pra ele... Ele me olhou com uma cara de espanto e nem precisou falar mais nada...tirei o banquinho de lá rapidinho...rs Foi muito engraçado, pq eu vizualizei o quadro todo, contei pra ele como faria, ele também gostou da ideia... mas , como dizem, a teoria , na prática, é outra.... E tudo tem o seu lugar certo, não adianta querer inovar demais... O banquinho ficou lindo, mas não combinou nadica de nada com as outras coisas. Conclusão, foi para o ateliê, onde já tenho um caixote de feira forrado com chita , e lá ficou perfeito!

Em fase de mudanças...


Flor chamada de falsa íris, que se esparramou pelo meu quintal.
Estou ausente do blog e andei levando puxão de orelha de algumas pessoas queridas por estar sumida daqui. Que maravilhaaaaaaaaa saber que meus leitores se importam e sentem falta... E que estou em fase de mudanças. Mudanças internas e externas. Não estou dando conta das ideias que pululam na minha cabeça me forçando a mudar, a mudar e a mudar. REsolvi , então, mexer também com a decoração da minha casa pra começar a dar vazão a tanta energia boa. Inicialmente, pensei em refazer apenas uma sala, onde estava a minha loja, que mudei de lugar também. Essa eu conto depois. Como uma coisa puxa outra, dei uma repaginada na salinha do computador (que agora virou sala de leitura) no quarto de hóspedes, na sala de jantar. Ainda não terminei, claro. E também pintamos a frente da casa, que andava meio apagadinha. E flores e flores novas pra ajudar a transformar tudo. Isso me tomou todo o tempo e a disposição...Dizem que a primavera provoca mudanças, desejo de florescer, de renovar, de colorir. Estava sentindo na pele os efeitos da estação, antes mesmo que ela chegasse. Agora que contei o motivo do sumiço, volto com minhas artes e minhas palavras por aqui. Vou contando aos poucos e mostro o que andei fazendo, tá? Que bommmmmmmmm estar de voltaaaaaaaaaaa!!! Muiiita saudade de vocês!!!!

Aqui já andei falando sobre  casa arrumada. Vale a pena dar uma olhadinha no poema de Drummond.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

ATENTADO CULTURAL - LIVROS PRECISAM CIRCULAR

"Livro precisa circular. Livro sem leitor é rio seco, jardim sem flor, céu nublado" Gift e frase tirados deste blog
ATENTADO CULTURAL - Movimento que está circulando no facebook e compartilho com vocês, queridos amigos:
"No sábado, dia 20, façamos a diferença. Deixe um livro (você sempre tem um que não lerá mais) num ponto de ônibus, praça de alimentação, banco de jardim, balcão de padaria, açougue, farmácia... Se você apoia esta ideia, compartilhe e divulgue em outras mídias. UM DIA = UM LIVRO. 20 DE AGOSTO. UM SÁBADO "A GOSTO". Com dedicatória no livro ainda fica mais legal."
Minha amiga querida Jussara, do blog Juju, sugere esta dedicatória: "Não estou perdido, sou um livro livre. " Eu acrescentarei nos meus: "Leia e repasse".

Lendo alguns artigos sobre a importância da leitura, encontrei este,muito bom, que copio com a devida autorização do blogueiro Anibal Bragança.

"Literatura, filosofia e amizade – Drummond e Sloterdijk O que há de mais importante na literatura, sabe? é a aproximação, a comunhão que ela estabelece entre seres humanos, mesmo à distância, mesmo entre mortos e vivos. O tempo não conta para isso. Somos contemporâneos de Shakespeare e de Virgílio. Somos amigos pessoais deles. Se alguém perto de mim falar mal de Verlaine, eu o defendo imediatamente; todas as misérias de sua vida são resgatadas pela música de seus versos. Como defenderia um amigo pessoal. (...) o maior prêmio de Estocolmo ou dos Estados Unidos não vale o telegrama de amor que alguém desconhecido, e que não conheceremos nunca, nos manda lá do Pará porque leu uma coisa nossa e ficou comovido e rendido. Carlos Drummond de Andrade, Tempo, vida, poesia. Confissões no rádio. Rio de Janeiro: Record, 1986, p. 58 * Livros, observou certa vez o escritor Jean Paul [1763-1825], são cartas dirigidas a amigos, apenas mais longas. Com esta frase ele explicitou precisamente, de forma graciosa e quintessencial, a natureza e a função do humanismo: a comunicação propiciadora de amizade realizada à distância por meio da escrita. O que desde os dias de Cícero se chama humanitas faz parte, no sentido mais amplo e no mais estrito, das conseqüências da alfabetização. Desde que existe como gênero literário, a filosofia recruta seus seguidores escrevendo de modo contagiante sobre amor e amizade. Ela é não apenas um discurso sobre o amor à sabedoria, mas também quer impelir outros a esse amor. Que a filosofia escrita tenha logrado manter-se contagiosa desde seus inícios, há mais de 2.500 anos, até hoje, deve-se ao êxito de sua capacidade de fazer amigos por meio do texto. (...) Faz parte das regras do jogo da cultura escrita que os remetentes não possam antever seus reais destinatários; não obstante, os autores lançam-se à aventura de pôr suas cartas a caminho de amigos não-identificados.
Peter Sloterdijk, Regras para o parque humano: uma resposta à carta de Heidegger sobre o humanismo. Trad. de José Oscar de Almeida Marques. S. Paulo: Estação Liberdade, 2000, p. 7-8.

 Depois de citar dois grandes autores, Anibal Bragança continua: "Não resisti a registrar a coincidência de posições sobre o maior valor da literatura e da filosofia, entre nosso poeta maior, definida em entrevista concedida a Lya Cavalcanti, em programa na Rádio MEC, só muito tempo depois transcrita e publicada, no livro Tempo Vida Poesia, que merece ser revisitado, e a do polêmico filósofo alemão, nascido em 1947, e autor, também, de O desprezo das massas. Ensaio sobre lutas culturais na sociedade moderna. Para mim, sem qualquer dúvida, os livros foram ponte para a construção de amizades, distantes e, especialmente, próximas. Tudo começou quando, em 1966, iniciei minha atividade de livreiro em Niterói (Encontro, Diálogo, LUFE, Centro do Livro/Livros para Todos, Pasárgada), que se estendeu até 1986. Foram 20 anos fazendo muitos amigos e amigas através de livros e leituras. E vivi ainda, tempos depois, a breve experiência, da criação do Sebo Fino. Na Universidade, em relação mais delicada e complexa com alunas e alunos, tivemos sempre livros como mediadores, às vezes felizes outras nem tanto. Já então se iniciava um tempo em que, mesmo no ensino superior ler livros ou mesmo capítulos, se faz, em geral, com alguma resistência, maior ou menor. As exceções, de jovens aficicionados pela leitura, confirmam a regra e trazem muitas recompensas. Quando foi publicado o Livraria Ideal, do cordel à bibliofilia, em 1999, ah!, quantas alegrias, dessas a que se refere o Drummond. Com alguns leitores, ficamos amigos 'para sempre' a partir da história de Silvestre Mônaco e sua livraria em Niterói. E você, rara leitora e leitor, tem alguma história de amor ou de amizade construída a partir de livros e leituras, como nos indicam Drummond e Sloterdijk? Acrescente seu comentário"

Portanto, amigos, participem, colaborem ,divulguem. O que mais precisamos no momento, neste país, é contribuir para aumentar a cultura das pessoas. Bjs da Arteira

sábado, 13 de agosto de 2011

Casa com vida segundo Drummond


Casa arrumada  é assim:

Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.

Recebi por email este texto  creditado a Carlos Drummond de Andrade. Não sei se é mesmo dele, mas tinha de compartilhar. Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Brincando com espelhos

Estou fazendo algumas mudanças aqui em casa e este cantinho fica na saída do banheiro social . REsolvi mudar a cor (antes era quase laranja) e os detalhes. Usei uma tinta num tom  de lilás clarinho , reciclei molduras antigas , pintei de branco e coloquei espelhos, troquei a iluminação. No lugar da mesinha com mosaicos de espelho, entrará um aparador de ferro que ocupa o espaço todo, num modelo bem delicadinho, que uma amiga fará pra mim. Como pretendo colocar um vaso com flores e algumas velas no aparador, deixei as molduras numa altura que me permita fazer isso sem problemas e , ao mesmo tempo, usar o espelho para checar o visual...rs...ou não...  Adorei a mudança e tenho de registrar que copiei a idéia dos espelhos da casa do filhote e norinha. Filhos nos ensinam de toda forma, né?

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Bolsa romântica - Jeans reciclado (recycled jeans) - 5/40 - reeditada em 30/07/10


Modelo "quadradinhos", cheia de romantismo, com aplicações em bordado inglês e organdi, botão forrado com voil e bordado com miçanguinhas peroladas. Reeditei a postagem  em 04/08/11 porque encontrei o passo a passo online e quero dividir com as  amigas queridas . Cliquem aqui.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Torta de morango com chocolate feita pela norinha



Num fim de semana nada engordiet, Mari fez esta sobremesa deliciosa!!! Vale lembrar que a inspiração para  o recheio foi o Gustavo quem nos enviou . Aí a quituteira transformou nesta torta dos deuses!!!
Torta de Morango com Chocolate

Massa:
- 1 pacote de bolacha leite e mel
- 3 colheres de manteiga em temperatura ambiente

Triture o biscoito no liquidificador até que vire uma farinha. Misture a manteiga à farinha de biscoitos com as mãos até que vire uma massa homogênea. Forre o fundo e a lateral de uma forma de fundo removível com essa massa e leve em forno 180º por aproximadamente 12 minutos (até ficar moreninha).
Reserve.

Recheio de brigadeiro branco:- 2 xícaras de morangos cortados ao meio
- 1 lata de leite condensado
- 1 caixinha de creme de leite
- 2 colheres de manteiga

Leve ao fogo o leite condensado com a manteiga, mexa sempre até engrossar. Desligue o fogo. Acrescente o creme de leite e mexa até ficar homogêneo.
Coloque esse creme sobre a massa. Acrescente os morangos picados por cima do creme.

Cobertura:
- 300gr de chocolate meio amargo
- 1 caixinha de creme de leite
Derreta o chocolate, junte o creme de leite e mexa bem.
Cubra os morangos com esse chocolate.

Leve à geladeira por pelo menos 3 horas antes de servir. E me convide para saboreá-la!!!

domingo, 24 de julho de 2011

Experimentando novos sabores... Fondue de chocolate com casquinha de laranja

Noite dessas fizemos um fondue de chocolate aqui em casa. Quis experimentar com tirinhas de casquinhas de laranja cristalizadas, que amo. Adorei o resultado. Sentir o amargo da casquinha com o sabor do chocolate foi muito interessante. E,  outra novidade: experimentamos o fondue de chocolate da Cacau show. É prático, pra quem não quer usar a panelinha (que, pra mim,  tem um baita charme), pq vai ao microondas e o sabor é bom, mas um pouco forte. Então acrescentei creme de leite, uns pedacinhos de chocolate meio amargo e uma colher de mel. Ficou bom demaisssssssssssssssssss!!!

domingo, 17 de julho de 2011

Um mesmo bloco - Bolsas em diferentes modelos- Reeditado

 
Todas as bolsas foram feitas com retalhos de confecção. Com os blocos no mesmo tamanho, pude fazer modelos diferentes. Vou experimentando as diferentes possibilidades de uso e de reaproveitamento desses retalhos que iriam para o lixo.

Post original de 21/06/10

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Presentãoooooo: novo layout!

Que eu sou perdidamente apaixonada pela minha família, muita gente aqui já sabe. Quem lê meu outro blog palavrArteira, já leu muito sobre isso. E hoje mostro mais uma vez o porquê: eles são carinhosos, eles são amigos, eles são sensíveis, eles são queridos, eles são espertos, eles são demais! Ontem, ao abrir meu email, encontro esse presente feito pelo Romero, um dos meus sobrinhos amados: um novo layout. Fiquei absolutamente encantada com o carinho, com o cuidado que ele teve em procurar as fotos pelo blog, pelo face, escolher de acordo com a intuição dele, a frase que colocou sobre o blog, a foto da minha Arteira e do companheiro dela, detalhes que me encheram de emoção. Isso, pra mim, não tem preço!!! Ele  ter tido este cuidado em procurar coisas que me definem, que me agradam, que mostram como sou e como é o meu blog, tudo sem me consultar, me fez ficar nas nuvens! É carinho demais!!! Eu nem imaginava  que o danadinho sabia fazer tudo isso e a surpresa foi deliciosa!  So acrescentei a frase da Cora Coralina.
Agora tenho um designer particular!!! Já falei pro Romero que, quando quiser mudar , vou  poder trocar sem problemas. Tô feitaaaaaaaaaaaaa!!!!
Romero, querido, obrigada, obrigada, obrigada. Você sabe como me emocionou! Para mim, isso é felicidade. Sentir-me amada, querida, acarinhada em pequenos GRANDES gestos é o melhor presente que posso receber e vocês sabem disso, família querida.  Obrigada por fazerem parte da minha vida. Amo vocês!!!

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Sopa de queijo no pão italiano!!!

 Tá frio, né? Nada melhor que uma comidinha gostosa, quentinha, pra aquecer. Acabamos (maridinho e eu)  de tomar uma sopinha de queijo no pão italiano e divido as fotos e a receita com vcs. Nem convido pra comer, pq a sopa ...acabou...rsrsrs
Sopa de queijo no pão italiano

Em uma panela, refogue na manteiga 1/2 cebola picadinha . Em fogo baixo junte, uma a uma, 3 colheres de farinha de trigo, misturando bem até a  farinha se misturar com a manteiga. Ainda em fogo baixo, vá acrescentando 4 xícaras de leite, aos poucos e sem parar de mexer para não empelotar. Continue mexendo até ficar um creme . Coloque  os queijos - 1 xícara de parmesão ralado e 1 xícara de queijo prato ralado, um pouqinho de provolone e queijo mineiro, se tiver. Um pouquinho de noz moscada, tempere com sal(prove antes) e pimenta do reino. Espere os queijos derreterem e, um pouquinho antes de desligar o fogo, junte 1 caixinha de creme de leite, misturando bem. Corte uma tampinha do pão italiano, tire o miolo e derrame ali a sopa bem quente! Depois, é só tirar a tampa, usar os pedacinhos de pão como colher e se deliciarrrrrrrrrrrrr!!!
Observação: eu acrescento todo restinho de queijo que tem na geladeira. Sempre fica ótimo!!!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Mega Artesanal 2011 ! Eu fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! -> 3- Algumas fotos


Até o príncipe a princesa vieram à Mega!!!
Marcelo Darghan agitando a galera na fila de espera para entrar na feira. Ele é ótimo animador também!




domingo, 3 de julho de 2011

Mega artesanal 2011! Eu fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! -> 2 - Um bom encontro!

Foi um prazer conhecer pessoalmente, lá na Mega, a Bete Ribeiro, apresentadora do programa Sabor de Vida, da TV Aparecida. Ela é um encanto!!! Não resisti e pedi para tirar uma foto com ela.

Mega artesanal 2011! Eu fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! ->1- A ressalva

Minhas pernas ainda doem. Fui de excursão, chegamos cedo demais e lá não tem  a menor estrutura pra receber as caravanas que vêm de longe. Fomos os primeiros a chegar, mas logo apareceram pessoas do interior do SP, de S.Catarina, de MG e outros. Todos em pé, na fila, sem ter onde ficar, onde sentar, onde comer, como ir ao banheiro. Depois de um tempão(leia-se horas), começaram a liberar um banheiro devagarzinho. A feira é um sucesso, tudo é maravilhoso por lá, mas eles têm de ter uma estrutura para o povo de fora. Podem alegar que o problema é nosso por chegarmos muito cedo, mas , conhecendo o trânsito de SP, vendo todos os dias na televisão os quiilômetros de engarrafamento, fazemos o sacrifício de sair mais cedo de casa, enfrentarmos uma noite e madrugada na estrada  para podermos chegar lá num bom horário e não perdermos nadinha. O espaço externo é imenso, vem visitantes do país inteiro e até de países vizinhos, mas o local é afastado de tudo, não dá pra porcurar alguma lanchonete, barzinho, qq coisa. Então, uma lanchonete onde o povo poderia tomar um café da manhã, um espaço coberto do lado de fora para não ficarmos no tempo, são mais que necessários e não pode ser impossível. Pessoal da WR, tá na hora de repensar isso!!! O sucesso depende do público!!! No mais, parabéns, como sempre!

terça-feira, 28 de junho de 2011

Festival gastronômico no feriado 3 -> Empadinha de ricota

Uma receitinha superrrrrrrrr light para aplacar a consciência depois do festival de chocolate com o Brigadeiro de Nutella e o Brownie da Mari.

Empadinha de Ricota

1/2 kg de ricota
1 xic de chá de leite
2 ovos
150 g de queijo ralado
orégano e queijo para cobrir.


Bata tudo no liquidificador até obter uma massa homogênea. Despeje em forminhas untadas e enfarinhadas . Polvilhe orégano e queijo ralado. Leve a assar.


(Eu tinha queijo provolone aqui e inovei, colocando a metade da massa, provolone ralado e o restante da massa. Por cima, o orégano e o queijo ralado.)

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Festival Gastronômico no feriado 2 -> Brigadeiro de Nutella

Perdoem-me, meus amores, por não ter a imagem do brigadeiro pronto. É que a vontade de experimentarmos essa delícia era tanta, que fizemos o docinho para comer de colher. Delicioso!!! E rende muito. E foi mais uma receita que minha norinha trouxe para testarmos...

Brigadeiro de Nutella (Mauro Rebelo)


Ingredientes
- Leite condensado: 1 lata
- Doce de leite: 1 lata*
- Chocolate em pó: 3 colheres (sopa)
- Manteiga: 2 colheres (sopa)
- Gema de ovo: 1 unidade
- Sal: 1 pitada
- Nutella® (creme de avelã): 180 gramas
- Nozes: 1/2 xícara (chá) para cobrir o brigadeiro.

Modo de preparo
- Em uma panela, junte todos os ingredientes.
- Misture para ficar homogêneo e leve ao fogo baixo mexendo até dar o ponto de enrolar.
- Distribua as nozes picadas em um prato e vá passando o brigadeiro já enrolado.
- Sirva em forminhas próprias ou em potinhos individuais.


Minhas observações:
                                1-No lugar do  doce de leite, cozinhamos 1 lata de  leite condensado na panela de pressão : coloque a lata na panela de pressão, cubra bem com água, tampe, e quando a panela começar a apitar, conte 45 minutos e desligue. Sá abra a lata depois de fria, porque o doce quente espirra e queima os desavizados.
                                2- Misture tudo muito bem antes de levar ao fogo, isso facilita o cozimento.
                                3- Coma sem arrrependimento! Depois caminhe por umas duas horas ....rs

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Festival gastronômico no feriado 1 -> Brownie da Mari

Filhos e norinha em casa conosco, é hora de experimentar receitas gostosas, repetir outras, sair um pouco do habitual. Este brownie é maravilhoso!!! No chá de panela da minha norinha, colocamos esta receita dela nas lembrancinhas, porque valia a pena começar vida nova dividindo coisas boas (Pegamos a receita emprestada, sem ela saber, porque o chá foi surpresa na véspera do casamento. E foi muiiiiiiiiiiiiiiiito bom, muito alegre!) .

Brownie da Mari
Ingredientes:
5 ovos inteiros
1 xícara de açúcar
150 g de farinha de trigo
1 barra de chocolate meio amargo derretido
1 barra de chocolate ao leite derretido
250 g de manteiga
1 colher de chá de essência de baunilha
1 xícara de nozes trituradas (usamos castanha de caju sem sal)
1 colher de café de fermento em pó Royal
1 barra de chocolate branco quebrado em pedaços pequenos
Modo de preparo:
Derreter, em banho maria, o chocolate junto com a manteiga.
Bater os 5 ovos, acrescentar o açúcar, farinha, baunilha e o chocolate derretido com a manteiga.
Misturar nozes / castanha, fermento, chocolate branco quebrado em pedaços pequenos e assar em forno quente, na temperatura  de 180 graus durante 20 min aproximadamente.

Hoje recebemos amigos queridos para o lanche e servimos o brownie com sorvete e calda de chocolate. Bom demaissssssssssssssssssssss!!!

Deliciem-se!